Monday, February 14, 2011

Caiu-me um dente!

É que vocês não estão bem a ver o stress que já foi de outras vezes!
Ele cai-lhe o dente e fica logo a pensar na fada, que vem, que leva, que traz, a coisa é grave. Da primeira vez deixou cair o dente no carro e passei horas de nariz no chão e lanterna na boca, para deixar as duas mãos livres para procurar, enquanto a mãe limpava lágrimas inconsoláveis - o meu dentinho, nunca mais vou ver o meu rico dentinho! - apesar de ser bastante óbvio que daí a umas horas, quando estivesse a dormir, vinha a fada e então é que não o via mais e com isso não se importava.
Ora, mal deu a dentada na maçã, o dente, que aliás já estava partido, feneceu-lhe logo ali e apareceu-me com ele na mão e a gengiva levemente ensaguentada
- Vês Pai, caiu! Que sorte! O T. - que é o amigo dele da escola - só lhe caíram 5 e a mim já é o sexto!
Uma festa!
Vai daí o que é que eu fiz? Segurei no dente, para ver se estava todo e claro, não estava, porque já estava partido há muito, e então decidi espreitar-lhe a boca, a ver se faltava mais algum bocado. Foi então que o dente caiu. Como quem não quer a coisa dei-lhe os parabéns e lá foi ele todo contente comer o resto da maçã com o resto dos dentes enquanto eu preparava a lanterna para me pôr a procurar. É que não se imagina como os dentes das criancinhas são pequeninos. Quando estão inteiros, claro. Quando estão partidos...
Bom, acabou por encontrar-se e pu-lo em descanso até à hora de se deitar, que a lanterna é a do telemóvel e eu não queria gastar mais bateria. Mandei-o para cima e fica descansado que já te levo o dente. Isto porque os dentes, se se quer que as fadas façam o seu trabalho sem serem descobertas, têm de ser postos num papelinho, para ser mais fácil encontrá-lo debaixo da almofada. Ponho o dente ao meio, dobro em quatro, pego no mais que é para ir para cima sempre com o papel na mão e subo as escadas.
Chego lá cima e penso "se calhar devia ter fechado melhor o papel, com tanto solavanco ainda me cai". Apalpo o papel, suspiro e desço para pegar no telemóvel, por causa da lanterna. Aparece ele, já de pijama vestido:
- E o meu dente, pai?
- Já o levo, vai-te deitar.
E lá vai ele, bem mandado, não sem antes aproveitar para excitar o A., mais pequeno que estava quase a dormir e acaba aos pulos na cama, para desespero da mãe, que os está a deitar.
Não sei se já disse como os dentes das criancinhas são pequeninos. Quando estão inteiros, claro! Andar atrás deles é um exercício capaz de nos pôr com aquelas fobias das limpezas. Repara-se em cada migalha, cada salpico de tinta branca, micropedacinhos de borracha esfarelada e muitas, muitas coisas que nem conseguimos identificar, porque o pedaço de marfim de que andamos à procura, esse, nada. Acabo por socorrer-me de um dos 5 dentes anteriores. No meio da confusão só encontro um - que é feito dos outros? É um perfeito mistério! Desconfio que a fada os veio reclamar à gaveta onde os guardo... - e logo havia, este sobrevivente de ser o maior dente que lhe saiu da boca, para aí três vezes o tamanho do tímido pedaço sobrante que hoje soçobrou... mas não há dúvidas que terá de servir e o que vale é que ele não quis olhar para ele apenas sabê-lo debaixo da almofada.
A meio da noite, como de costume, aproveito uma ida dele à casa-de-banho para fazer a troca - desta vez um saco de berlindes, esta fada é mesmo simpática, como é que ela adivinha estas coisas? - trago o dente falso e no caminho, o meu pé descalço pisa uma coisa pequena, que pica ligeiramente.
Juro que é verdade: era a réstia de dente, que recolho e guardo, para memória futura.
A partir de hoje cá em casa há mais um crente na fada dos dentes.

8 comments:

Luís said...

Primeira história do ano! Adorei! Venham mais!

Abraços

Folhetim Cultural said...

Olá gostaria que visita se meu blog que é dedicado a cultura. Espero que goste nele tenho uma coluna poética aos sábados ás 09 da manhã espero poder contar com sua visita.

Sucesso em seu espaço.

Magno Oliveira
Twitter: @oliveirasmagno ou twitter/oliveirasmagno
Telefone: 55 11 61903992
E-mail oliveira_m_silva@hotmail.com

Loca said...

:))

Adorei.
Mil bêjos à fada.

Anima Festinhas Aninhas said...

Olá muito bom dia também agradecia desde já que me ajuda-se a passar a palavra do meu grupo de trabalho ANIMA FESTINHAS ANINHAS se bem sabemos o melhor do mundo são as crianças por isso o nosso grupo prepara um dia cheio de grandes animações com todo o tipo de diversões Visite disfrute e passe a palavra a amigos conhecidos e familiares Site http://animafestinhasaninhas.blogspot.com/; HI5 http://animafestinhasaninhas.hi5.com/; Facebook: facebook.com/AnimaFestinhasAninhas; TWITTER http://twitter.com/animafestinhasaninhas e se existir alguma questão digam para o E-mail animafestinhasaninhas@hotmail.com; que nos respondemos Um abraço

VestigiosTeus said...

aaw tao fofo. pareces um pai babado =) add u. kem sabe assim aprendo algumas coisinhas para qdo for mae =)

O Cercadinho said...

Interessantes teus posts, escrevo para divulgar o : www.o-cercadinho.blogspot.com Caso queira acompanhar e dar umas risadas,
será um prazer ter nos visitando lá. O que é o Cercadinho? Segue apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada. Somos dois homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. Apaixonante, cafajeste e trash total, esse o Marcão. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê

O Cercadinho said...

Interessantes teus posts, escrevo para divulgar o : www.o-cercadinho.blogspot.com Caso queira acompanhar e dar umas risadas,
será um prazer ter nos visitando lá. O que é o Cercadinho? Segue apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada. Somos dois homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. Apaixonante, cafajeste e trash total, esse o Marcão. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê

Caroline Paiva Santos said...

Eu faço parte do Café Ferreira, Empresa especializada na produção e venda de café Gourmet e que me paga 10% de todas as vendas realizadas pela empresa em oito gerações abaixo de min. Eu ainda participo de um plano de Carreira e ganho bônus mensais sobre consumos realizados por mim. E minha equipe em cinco gerações.

Você também pode fazer parte, veja.
Para se tornar um afiliado é fácil.
Sem investimentos.
Sem mensalidades, sem consumo mensal imediato, sem riscos.

Cadastro é vitalício e hereditário.
O Café Ferreira Oferece para você um escritório virtual Para total gerenciamento de suas vendas e equipe. Tenha ainda treinamento de capacitação e reuniões de apresentação do plano de negócios da empresa todos os dias através de nossa sala de conferência Online.

Para assistir basta clicar no link e informar seu nome.

http://login.meetcheap.com/conference,74634535

Para se tornar um afiliado vitalício basta comprar Um KG de café Gourmet. Após receber o produto você não ficar satisfeito garantimos a devolução do seu dinheiro.
Basta fazer seu cadastro através do site:

www.ferreiracafe.com.br/17355

Se você tiver duvidas, pode me chamar.
Atenciosamente.
CAROLINE PAIVA

E-mail: caroline._paiva@hotmail.com